Arquivo | maio, 2011

Dubai 2011

25 maio

Um sonho de lugar… Dubai é o paraíso  da arquitetura, da  modernidade, da boa mesa, do ouro e das compras sim! Porque não?! Ouvi de tudo sobre fazer compras em Dubai e cheguei as minhas próprias conclusões, você verá detalhes ao fim deste post.

Em Dubai tudo é lindo, limpo e imenso. O carro mais simples que se vê nas ruas é o Corolla, a cidade é rica, tudo funciona perfeitamente bem e o mais surpreendente, é que a população não paga nada por isso, pois é, não há impostos sobre produtos e serviços no país. O asfalto é impecável, os jardins das calçadas são todos irrigados automaticamente na madruga, não há polícia nas ruas e também não há roubos, nem assaltos, pois as leis por lá são severas e funcionam, conseqüentemente, ninguém se arrisca e todos se respeitam.

Dubai tem o maior shopping do mundo (Dubai Mall), o maior prédio do mundo (Burj Khalifa), ilhas artificiais construídas em alto mar The Palms e The World) e uma enorme pista de esqui com temperatura interna de -14 graus, construída dentro de um Shopping Center (Mall of Emirates). Tudo isso no meio do deserto, onde a temperatura é de +40 graus.

Os melhores hotéis de Dubai na minha opinião são:

Burj Al Arab

Atlantis – The Palm

Madinat Jumeirah – Al Qasr

One & Only Royal Mirage Dubai

The Palace The Old Town – Este hotel fica no novo centro de Dubai ao lado da torre Burj Khalifa.

Em frente a ele tem a fonte dançante, a mesma que existe em Las Vegas, em frente ao Hotel Bellagio. As apresentações começam às 18h00 e terminam às 23hoo e acontecem a cada 30 minutos.

One & Only The Palm  – Acho este hoje, o melhor hotel de Dubai e o mais novo também. Fica na ilha The Palm.

Armani Hotel Dubai

Grosvenor House Dubai

Por causa da religião muçulmana, é proibido o consumo de bebidas alcoólicas em Dubai, mas por ser uma cidade turística, eles abrem exceção para os turistas. Então só é permitida a venda e consumo de bebidas alcoólicas dentro dos bares e restaurantes dos hotéis. Por este motivo a bebida alcoólica é muito cara, assim como a comida dentro dos hotéis também. Um exemplo é uma refeição que fizemos em um restaurante do Dubai Mall, em que pedi uma Lagosta à Thermidor e pagamos AED$80,00 equivalente a R$35,00.  Já no nosso hotel pedi um prato de frutos do mar que era bem menor que o de lagosta e custou AED$180,00 equivalente a R$80,00. O problema é que se  você quiser tomar um vinho, terá que pagar mais caro pela comida, e pelo vinho nem se fala. Uma garrafa que custa numa adega do Brasil em torno de R$50,00 lá pode chegar a custar R$150,00.

Restaurantes  que Podem Valer a Pena

O Burj Al Arab é o simbolo de Dubai, ir até Dubai e não visita-lo é quase como não ter ido até Dubai, mas para entrar no Burj Al Arab é preciso ser hóspede ou ter uma reserva em um dos seus restaurantes e estas reservas precisam ser feitas com antecedência. Vale a pena? Na minha opinião vale, pois o hotel é lindo e tudo que reluz lá dentro, é ouro mesmo, acredite. A arquitetura é de tirar o fôlego e imaginar que você esta no meio do mar, é realmente inacreditável. Nós almoçamos no Al Muntaha  que fica a 200m acima do nível do mar, no 27 andar, mas no Burj Al Arab existem 8 restaurantes com diferentes experiências, inclusive jantar dentro de um aquário no restaurante Al Mahara como se estivesse no fundo do mar e dizem que você chega até lá, dentro de um submarino.

Uma vez em Dubai você tem que chegar o mais perto possível do deserto, pois mesmo sabendo que você esta no deserto, com toda aquela infra-estrutura que você vê em torno de si, fica difícil acreditar. Então não há outra opção a não ser ir até as areias. Existem muitos passeios que são oferecidos por agências, safáris no deserto, rally no deserto, jantar no deserto e todos estes juntos num dia só. Nada impede que você faça o safári, faça o rally, mas eu sugiro que para o jantar no deserto, você de preferência para o hotel Bab Al Shams no restaurante Al Hadheerah, com direito a dança do ventre, passeio à camelo, foto com falcão, tatuagem de henna, e um cardápio árabe autêntico, onde você pode escolher o que quiser, quantas vezes quiser. Sugiro que você nem almoce neste dia, para fazer jus a tudo que tem direito, pois não é barato, mas vale a pena, só não esta incluído no preço as bebidas alcoólicas e a tatuagem de henna.

Um passeio que eu também aconselho, é o Bateaux Dubai. Você pega este barco em Bur Dubai e passeia pelo braço de mar que separa Bur Dubai de Deira (bairro onde ficam os Souks – Mercados de Especiarias e Ouro). Este passeio também tem que ser reservado com muita antecedência. O passeio em si é curto, mas é feito lentamente ressaltando os pontos turísticos que margeiam o canal enquanto você degusta um dos menus mais bem elaborados da sua vida, acredite! O serviço é impecável! Bom, o preço vale o que pesa…

Passeios Imperdíveis

Visita à Mesquita Jumeirah 

Subir na torre mais alta do MUNDO!!! Burj Khalifa


Atravessar o braço de mar saindo de Bur Dubai para Deira nas embarcações típicas chamadas Abra, 

 é uma experiência única e oportunidade de viver um pouco do dia-dia do povo de lá e chegar até Deira onde ficam os Souks – Mercados de Ouro e Especiarias, onde você vai encontrar, Curry, Vanilla – Baunilha, Ervas, Chás, Incenso, Açafrão, Ouro, Pashiminas etc.

Se você não se hospedar no Atlantis, nada impede que você passe um dia lá curtindo o parque aquático Aquaventure, a praia, e até nade com os golfinhos, uma experiência mágica na minha vida. Aconselho a todos. Existem dois parques aquáticos em Dubai, me disseram que o Aquaventure do Atlantis era o melhor e eu só fui nele, então não posso falar do Wild Wadi que fica ao lado do Burj Al Arab, mas pra mim ficou muito conveniente, pois juntei tudo num dia só no Atlantis, praia, golfinho e parque e valeu a pena.

Passar um dia em Abu Dhabi, só vale a pena se você já fez tudo o que queria em Dubai. Abu Dhabi ainda vai levar uns 5 ou 10 anos para chagar onde esta Dubai hoje, mas com certeza chegará lá. Se você conseguiu ver e fazer tudo que queria em Dubai, ai sim vale a pena visitar Abu Dhabi, que fica 1 hora de carro de Dubai. Você pode pegar uma excursão ou contratar um motorista. Em Abu Dhabi não deixe de visitar a Grande Mesquita, a Yas Marina Autódromo de Formula 1, a Ferrari World Abu Dhabi é outro passeio imperdível, com direito a brinquedos radicais e faça uma reserva em um dos muitos restaurantes do Emirates Palace Hotel se quiser entrar para conehcer o hotel, se não você nem pode chegar perto.

Os Taxis em Dubai são péssimos, bom, tinha que ter alguma coisa ruim não é mesmo, afinal nada, nem ninguém  é perfeito…pelo menos é o que dizem… Os taxistas são em sua maioria indianos ou paquistaneses, falam inglês mal e porcamente e nunca ou raramente sabem exatamente onde estão indo, mas por outro lado, andar de taxi custa barato. Você pode fazer todos seus deslocamentos de taxi se for paciente com os motoristas. Se você puder e quiser desenbolsar um pouco mais, voce pode contratar um motorista particular ou através deste, um taxi especial que custa o dobro do preço do taxi normal, mas que  promete um serviço diferenciado e você liga para que ele te pegue onde quiser. Só fiquei sabendo deste serviço no final quando reclamei dos taxis, mas não tive a oportunidade de conhecer, então não falo com experiência. Se você vai para Dubai e quer um motorista este pode ser um contato; Fazl Tamab 00 971 55 66 22 610.

Compras – Como mencionei anteriormente, os Emirado Árabes Unidos é Tax Free!!! (Livre de Impostos!!!)

(Do Buy) em Dubai é fácil…rs… ADOREI!!! Ouvi muita coisa sobre fazer compras em Dubai, inclusive que Dubai não seria um bom lugar para praticar este exercício maravilhoso, mas não concordo. Da pra fazer boas compras em Dubai sim. Não é tão barato quanto os Outlets dos Estados Unidos, mas ainda assim é mais barato que o Brasil, então compensa. Exemplo, uma calça Diesel que custa R$1600,00 aqui, lá custa R$500,00. Um Christian Louboutin básico, que aqui custa R$2000,00, lá sai por R$700,00. Um perfume Mademoiselle Chanel que aqui sai por R$320,00 lá custa apenas R$100,00 (este esta mais barato que no Estados Unidos ou no FreeShop). Um tênis Nike R$300,00. Bolsa Gucci tamanho (médio/grande) em tecido R$1700,00. Estes são alguns preços que me lembro, alguns do Dubai Mall e outros do Mall of the Emirates. Sem contar as pechinchas de lojas como; H&M, Zara, The Body Shop, Timberland, Banana Republic…

Só não compre nada se você tem em vista uma viagem para USA, porque aí você estará pagando caro.

O Ouro é outra coisa que  vale a pena comprar em Dubai. Um par de alianças ,que custaria em média R$5000,00 aqui no Brasil, em Dubai sai por R$1300,00 o par.

Dicas úteis:

A água de Dubai é salobra e péssima para os cabelos. Chegando lá vá direto a um salão de cabeleireiros e compre seu arsenal de produtos de hidratação, pois você vai precisar. Não leve do Brasil, porque lá os produtos profissionais são muito mais baratos, menos da metade do preço.

O aeroporto de Dubai dispõe de dois serviços VIP para embarque e desembarque muito bons,  e  não só para viajantes inexperientes.    Marhaba ou  Ahlan.

Você pode contratar diretamente via internet ou com seu agente de viagens. Vale a pena, você é acompanhado do desembarque ou embarque, com carregador de malas e assistência na imigração e enquanto  você descansa e faz uma refeição leve na sala VIP, sua documentação é liberada. Tem assistência de compras no FreeShop e acompanhamento até o taxi – motorista, ou até a aeronave no caso deste serviço para embarque.


Anúncios

Boston

20 maio

Estive em Boston em duas fases diferentes da minha vida, em 1992 quando fui morar  e estudar inglês e 15 anos depois a passeio e Boston continua a mesma!

Boston é a capital do estado de Massachusetts na região da Nova Inglaterra e abriga algumas das instituições de ensino universitário mais expressivas dos EUA, Harvard e MIT (Massachusetts Institute of Technology). Boston também conta com uma das equipes de baseball mais famosas do EUA, o Boston Red Sox, seu estádio é o Fenway Park.

Compras: Fazer compras em Boston pode ser mais divertido que em outros lugares dos EUA, pois a  taxa sobre vendas no estado é de 5% enquanto em Nova York, logo ali ao lado, é de 8,75% e em Miami é de 7%. Então Boston, além de uma cidade linda e cheia de cultura, é perfeita para fazer compras. Tem centro compacto e cheio de lojas, que vão desde de grandes lojas de departamento como Macy’s, até boutiques como LV, Gucci, Hèrmes e por aí vai.

Estar de carro em Boston é essencial, pois a cidade é enorme e você aproveitará muito mais se estiver motorizada e com GPS é claro! Assim você poderá aproveitar os pequenos centros comerciais das pequenas cidades que se emendam a Boston, e são muitas, tão próximas que você nem percebe que já não esta mais dentro da cidade de Boston.

A região da Nova Inglaterra fica no nordeste do EUA e abriga os estado de Connecticut, Maine, Massachusetts, New Hapmshire, Rhode Island e Vermont. Por isso, não deixe de aproveitar sua estadia em Boston para visitar pelomenos mais um dos estados visinhos. Eu adoraria ter ido até o Maine na temporada das lagostas, mas como fui fora da temporada, optei por visitar New Hapmshire e não me arrependi. Passeio lindo, estradas maravilhosas e as White Mountains…nem tenho palavras pra descrever…

Região de Beaujolais-Chénas, Julienas e Saint-Amour

6 maio


Chénas é uma cidade ou um povoado de 475 habitantes ao norte da região de Beaujolais. Um lugar lindo! Quando você chega, acredita estar no meio do nada, mas este lugar é mágico e encantador tanto para os olhos quanto para o paladar.

Chénas é rodeada por pequeninas cidades, cada uma delas, com uma ou duas especialidades, quase todas inclui o vinho Beaujolais como uma destas especialidades. Por exemplo:

Chénas, é a cidade para você  se hospedar, e tem que ser no Chateau Lambert, este chateau foi restaurado e além de acomodação de rei, produz um autêntico Beujolais de AOC.

Outra cidadezinha que abriga um tesouro valioso é Julienas, lá você encontra o restaurante Chez La Rose, MARAVILHOSO!

Um pouco mais afastado fica Saint-Amour-Bellevue, lá se produz o famoso Beujolais Saint-Amour e você encontra o não menos famoso restaurante do Jean-Pierre, é muito difícil dizer o que ou qual é o melhor.

Uma viagem inesquecível! Um lugar maravilhoso! Esta viagem tem que ser feita de carro e com GPS. Melhor época, de abril a outubro, evite julho e agosto por causa do calor e por ser  alta temporada.